4 de jan de 2018

198. JUMANJI: BEM VINDO À SELVA (2017)

'Jumanji', de 1995, tem um conceito absurdamente divertido e é impressionante que isso não tenha sido reaproveitado em sequências. O final indicava que uma sequência poderia estar a caminho, mas ao invés disso tivemos 'Zathura' que é um filme igualmente divertido, mas que não desenvolve as propostas do primeiro. Mais de 20 anos depois do filme original chega 'Jumanji: Bem Vindo à Selva', que funciona mais como um reboot do que sequência. Aqui o jogo de tabuleiro foi trocado por um jogo de videogame, algo que fez muitas pessoas torcerem o nariz quando saiu o trailer mas que faz total sentido levando em conta que a geração atual está mais focada em video games do que jogos de tabuleiro. O filme brinca com essa ideia de forma extremamente divertida, criando diálogos e situações entre os personagens que traduzem muito bem para a tela os conceitos do que é um video game. Coisas como morrer e voltar, número de vidas e habilidades desnecessárias (mas que acabam se tornando necessárias) são muito bem exploradas pelo roteiro. Falando nisso, o roteiro não é aquela coisa mega inteligente, mas ele sabe seus limites e sabe brincar com aquilo que lhe foi dado. O humor é certeiro e as piadas funcionam na grande maioria das vezes, sobrando pouco espaço para momentos descartáveis. O filme talvez seja um pouco mais longo do que deveria, já que suas 2 horas acabam cansando em um certo momento. Talvez se tirasse uns 15 minutos, tudo ficaria mais fluído. 'Jumanji: Bem Vindo à Selva' é uma grata surpresa pois é um filme onde tudo levava a crer que seria uma bomba. Felizmente o filme abraça os clichês e a tosquice, e ao fazer isso ele acabou se tornando um dos maiores exemplos de entretenimentos dos últimos anos. (Jumanji: Welcome To The Jungle. Com Dwayne Johnson, Jack Black, Nick Jonas e Karen Gillan. Aventura. 119 min.)

NOTA: 7.5

Nenhum comentário: