2 de nov de 2017

188. CARROS 3 (2017)

Toda grande empresa tem seus defeitos e a da Pixar é 'Carros'. O primeiro filme é ok, mas bem abaixo da qualidade que a Pixar vinha alcançando. Já 'Carros 2' é indefensável, com diversos furos e uma narrativa sem sentido. Ou seja, acertar com esta franquia parece difícil. Este terceiro capítulo, na minha opinião, acabou se saindo bem melhor do que os 2 filmes anteriores, mas ainda assim não me parece um filme da Pixar. 'Carros 3' já começa com uma cena incrível, mostrando Relâmpago sofrendo um acidente. O restante do filme mostra as consequências desse acidente e como ele usa isso a favor de si mesmo. O roteiro é bem básico e cheio de temas sentimentais que soam um pouco forçado, principalmente pelo fato de já terem usado esse tipo de estrutura em vários filmes. Aqui toda a parte emocional soou um pouco maniqueista, mas assisti ao filme com minha sobrinha de 3 anos de idade e ela se emocionou bastante. O grande acerto dessa franquia são seus personagens, e aqui não é diferente. Todos continuam cativante e cheios de brilho, e os novos personagens são igualmente interessantes e bem escritos. Visualmente, achei este o mais bem construído da trilogia, com diversos cenários diferentes sendo explorados de várias maneiras diferentes. A trilha sonora não tem um grande destaque, apostando em temas que estão ali apenas para acentuar a emoção das cenas. É difícil falar da franquia 'Carros', pois ao mesmo tempo que ela tem muitas coisas boas, ela também tem muitas coisas ruins. Em 'Carros 3', não é diferente. Muita coisa parece deslocada ali, mas a grande maioria funciona de um jeito delicioso. É uma aventura colorida, engraçada e com uma narrativa fácil e divertida. O melhor da franquia até agora. (Cars 3. Dirigido por Brian Fee. Com Owen Wilson, Cristela Alonzo e Chris Cooper. Aventura. 102 min.) 

NOTA: 7.5

Nenhum comentário: