25 de out de 2017

186. THOR: RAGNAROK (2017)

Vejo muita gente reclamando da fórmula Marvel, alegando que a mesma já esgotou e cansou. Na minha opinião, é incrível que um estúdio tenha achado uma fórmula pessoal para o sucesso e desenvolva essa fórmula de diversas maneiras diferentes, dependendo da narrativa que é proposta. A verdade é que a Disney criou uma fórmula para seus desenhos nos anos 30 e só foi reinventar essa fórmula recentemente com 'Frozen'. Os filmes de romance possuem uma fórmula bem clara, usada desde os anos 30 e que ainda funciona. O gênero terror também segue uma fórmula que ainda gera excelentes títulos. Então não entendo esse pessoal que reclama da fórmula Marvel, alegando que já cansou, quando o estúdio tem apenas 10 anos. Se você é do time que reclama do excesso de cores e piadas nos filmes da Marvel, esse filme definitivamente não é para você. Parece que Kevin Feige pegou os comentários dos haters e decidiu fazer um filme exatamente do jeito que eles não gostam, e fazendo isso agradou todos aqueles que adoram o estilo dos filmes da Marvel. 'Thor: Ragnarok' é um filme totalmente a parte e que não precisa dos 2 primeiros para desenvolver sua narrativa. O filme é bastante focado na relação entre Thor e Hulk, gerando alguns dos momentos mais engraçados que o estúdio já criou. A vilã é muito interessante e já figura entre alguns dos mais marcantes que a Marvel já trouxe (o que não é difícil). Taika Waititi criou um filme com a cara da Marvel, mas sem perder a essência dele mesmo como diretor. Quem já viu outros trabalhos do cara irá notar o mesmo tipo de humor ali. Visualmente estonteante e narrativamente divertido, 'Thor: Ragnarok' é um filme que só tem apenas 1 propósito: divertir. E ele consegue fazer isso com maestria. As mais de 2 horas passam voando e a sensação ao final é de que você acabou de vivenciar algo realmente divertido e empolgante. (Thor: Ragnarok. Dirigido por Taika Waititi. Com Chris Hemsworth, Tom Hiddleston, Cate Blanchett e Mark Ruffalo. Aventura. 130 min.) 

NOTA: 8.5

Nenhum comentário: