4 de ago de 2017

161. KRAMPUS - O TERROR DO NATAL (2015)

Ainda estamos a 4 meses do Natal, mas já é bom colocar 'Krampus' na lista dos filmes obrigatórios a se ver nesta época. Os americanos adoram filmes natalinos e existe uma enxurrada de clássicos ambientados nessa data comemorativa. Do gênero horror existem poucos exemplos, e a maioria de qualidade duvidosa. 'Krampus' mistura terror com bastante comédia e um pouco de fantasia para criar mais um clássico natalino obrigatório. O filme conta a história de uma família desfuncional que acaba sendo aterrorizada por Krampus, uma criatura mitológica que ataca no Natal. O melhor do filme é sua primeira metade e como ela estabelece e desenvolve seus personagens. O roteiro não poupa tempo em criar excelentes diálogos que deixam explícitos alguns dos problemas que está família enfrenta. As relações são conturbadas e as personalidades são fortes e ao mesmo tempo carismáticas. Depois que tudo isso foi estabelecido, o roteiro parte para o terror (ás vezes terrir) e nos entrega algumas das cenas mais inventivas que já vi em um filme. Ele não tem vergonha de ser ridículo e jogar cenas esdrúxulas na nossa cara, instigando você a rir e sentir medo ao mesmo tempo. Tudo isso funciona graças ao meticuloso trabalho na direção de arte e fotografia do filme. Os cenários evocam uma certa fantasia no local, mesmo sendo extremamente normais e básicos, a iluminação brinca bastante com as core quentes e frias e os efeitos especiais são perfeitamente executados. O filme peca em sua segunda metade por apresentar cenas de terror sem inspiração alguma, usando os clichês da pior forma possível. O início do filme nos apresentou bons personagens e uma fotografia maravilhosa, tudo indicava que as cenas de terror seriam criativas, mas não foi o que aconteceu. Felizmente todo o resto do filme é um grande acerto, fazendo de 'Krampus' uma excelente aventura de horror com toques de fantasia, perfeito para ser assistido em família no Natal. (Krampus. De Michael Dougherty. Com Emjay Anthony, Adam Scott e Toni Collette. Fantasia / Horror. 98 min.) 

NOTA: 7

Nenhum comentário: