1 de ago de 2017

159. HOMEM-ARANHA: DE VOLTA AO LAR (2017)

Já da pra oficializar Homem-Aranha como o novo James Bond? Nos últimos 10 anos foram 4 filmes com 3 atores diferentes interpretando o aracnídeo. A Sony resistiu por um tempo em largar o osso, mas ao invés disso decidiu dividir o osso. 'De Volta ao Lar' é o primeiro filme da parceria Sony e Marvel Studios, que - a princípio - renderá mais uma sequência. O roteiro (escrito por 6 pessoas!!!) é esperto ao iniciar o filme nos colocando momentos antes de 'Capitão América - Guerra Civil', com uma cena engraçada e que, de cara, nos mostra a personalidade de Peter Parker. Como diz o letreiro inicial - A Film By Peter Parker - este é um filme muito mais focado em Peter e suas relações com amigos e familiares do que no Homem-Aranha. Claro, o filme é recheado de cenas de ação e o uniforme tem uma importância gigantesca na narrativa, mas Peter  em si é o foco principal do roteiro. Tom Holland definitivamente nos entrega a melhor interpretação de Homem-Aranha e Peter, dando uma cara nova ao mesmo tempo que resgata velhos valores do personagem. Vi muitos reclamarem do uniforme, pois ele é tecnológico demais, lembrando muito o próprio Homem de Ferro. Mas parece que essas pessoas não prestaram atenção que este é justamente o tema do filme: não é um uniforme que faz um herói. Todo o terceiro ato, com o Homem-Aranha usando uma roupa totalmente caseira, deixa isso bem claro. Outro ponto positivo do roteiro são seus diálogos e como a interação entre os personagens são igualmente interessantes e naturais. No geral, o filme soa como uma grande homenagem a John Hughes, onde temos adolescentes com problemas reais e que convencem o público. Bem humorado do início ao fim e personagens altamente carismáticos, 'Homem-Aranha: De Volta ao Lar' é uma grata surpresa. Não é o melhor que já vimos do Aranha no cinema, mas está longe - bem longe - de ser o pior. (Spiderman Homecoming. Dirigido por Jon Watts. Com Tom Holland e Michael Keaton. Aventura. 133 min.) 

NOTA: 8.5

Nenhum comentário: