29 de jul de 2017

158. PASSAGEIROS (2016)

A ficção científica anda vivendo bons anos recentemente. 'Passageiros' surgiu como a mais nova aposta para ser um marco no gênero, e de certo modo acabou sendo. Apesar das inúmeras qualidades técnicas, o filme tem alguns problemas narrativos que pesam e o deixam difícil de ser engolido. A trama conta a história de uma nave que está no meio de uma viagem de 100 anos à outro planeta. Devido a um acidente na metade do percurso, 2 pessoas acordam do sono hibernado e fazem de tudo para reverter a situação, ou passarão o resto de suas vidas na nave. A sinopse é cativante,e poderia ter rendido um novo clássico da ficção científica se resolvesse suas questões mais honestamente. Infelizmente o roteiro tropeça feio ao criar um problema ético mal desenvolvido e que mais atrapalha a narrativa do que a ajuda. Fica óbvio que o estúdio sabia do problema que tinha, tanto que tal informação foi escondida dos trailers e dos materiais de divulgação. De início essa questão até que parece interessante, mas o modo polêmico que fizeram os personagens acordarem é deixado de lado no terceiro ato, dando lugar a uma falha mecânica que é resolvida com um simples botão. Chris Pratt e Jennifer Lawrence tem uma química excelente e convencem nos momentos de descontração. Por outro lado, nas horas mais dramáticas, fica evidente que Chris Pratt não consegue alcançar o mesmo patamar de Jennifer, e isso tira o peso que certas cenas deveriam ter. A melhor coisa do filme acaba sendo os cenários magníficos, os efeitos sensacionais e a trilha sonora diferente e cheia de temas criativos. 'Passageiros' é um filme gostoso de assistir devido ao incrível trabalho de fotografia e direção de arte,  mas acaba errando em revira-voltas desnecessárias que acabam criando mais problemas do que soluções. Divertido na medida certa, mas com problemas éticos graves que não se resolvem como deveriam. (Passengers. Dirigido por Morten Tyldum. Com Chris Pratt e Jennifer Lawrence. 116 min. Ficção- Científica.) 

NOTA: 6.5

Nenhum comentário: