28 de jun de 2017

151. INDIANA JONES e A ÚLTIMA CRUZADA (1989)

Em 1989, Steven Spielberg e George Lucas trouxeram Indiana Jones para mais uma aventura. Assim como o antecessor, este aqui tem sua própria narrativa, podendo ser assistido até mesmo por quem não conhece a franquia. Os 2 filmes anteriores tinham como temática objetos místicos relacionados à crenças, e aqui não é diferente. Em 'A Última Cruzada' temos o arqueólogo indo atrás do Santo Graal, cálice usado por Jesus Cristo na Santa Ceia. Mais uma vez o roteiro dá uma enorme veia cômica para um personagem coadjuvante, desta vez o pai de Indiana Jones. Sean Connery nos entrega uma atuação hilária, cheia de momentos marcantes, se tornando - na minha opinião - o melhor personagem da franquia inteira. A química entre ele e Harrison Ford é sensacional e gera os melhores diálogoss da trilogia. Assim como a personagem de Kate Capshaw em 'O Templo da Perdição', o pai de Indiana está ali para dificultar o trabalho do filho ao se meter em diversas situações curiosas. Tecnicamente o filme é excelente, mas comparado aos 2 primeiros, é notável que este aqui acaba se mantendo numa zona bastante segura. Até mesmo os cenários por onde as cenas de ação se desenrolam são bastante comuns para o nível que Spielberg havia estabelecido anteriormente. Outro ponto bastante diferente é o visual claro, com a maioria das cenas sendo filmadas a céu aberto e durante o dia. Dentre os 3 primeiros filmes, considero este o 'menos excelente' - digamos assim. Talvez ele funcionasse melhor como o primeiro da franquia, para seguir com uma escala maior em 'Os Caçadores' e fechar com chave de ouro com 'O Templo'. Mas sendo um terceiro filme, fica a sensação de que poderia ter sido mais inventivo. Mesmo assim, 'A Última Cruzada' é uma aventura contagiante, perfeitamente editada, e com personagens extremamente carismáticos. (Indiana Jones and the Last Crusade. Dirigido por Steven Spielberg. Com Harrison Ford e Sean Connery. Aventura. 127 min.) 

NOTA: 8.5

Nenhum comentário: