1 de jun de 2017

141. A CHEGADA (2016)

'A Chegada' é a ficção científica que eu queria ver faz anos. Desde sempre me perguntei por que os filmes nunca abordaram a comunicação como a parte principal e mais importante de um contato com extraterrestres. Em grande parte dos filmes os ETs já chegam entendendo inglês, ou muitas vezes eles simplesmente ignoram isso. O novo filme de Denis Villeneuve trata a comunicação como a maior dificuldade durante um possível contato, e o modo como o roteiro desenvolve isso é absurdamente original. O diretor conseguiu criar uma obra que brinca tanto com o realismo, quanto com o fantástico. Toda a base de operações é mostrada e retratada de forma bastante realista, já os encontros com os Heptapods (como são chamados os alienígenas no filme) são cenas incríveis, perfeitamente coreografadas e com efeitos especiais hipnotizantes. Amy Adams protagoniza o filme encarnando o papel de uma linguista que é chamada para ajudar na comunicação. A atriz consegue passar para o público toda a conexão forte que é estabelecida entre ela e os Heptapods.  É uma relação criada aos poucos e que resulta em um final extremamente emocionante e inesperado. Outro ponto positivo é a edição do filme, que consegue te enganar diversas vezes e te leva a um final estonteante e fora do comum. O modo com a narrativa é editada é algo de ser estudado em faculdades de cinema, pois o efeito causado é algo que raramente vi no cinema. 'A Chegada' é um filme visualmente perfeito, narrativamente original, cativante e com um desfecho de cair o queixo. Na minha humilde opinião, o melhor filme de 2016. (Arrival. Dirigido por Dennis Villeneuve. Com Amy Adams, Jeremy Renner e Forest Whitaker. Ficção Científica. 116 min.)

NOTA: 10

Nenhum comentário: