29 de mai de 2017

139. HUSH - A MORTE OUVE (2016)

Eu já falei de Mike Flanagan aqui no blog. Ele é o responsável por dirigir os filmes 'O Espelho', 'O Sono da Morte' e 'Ouija: Origem do Mal'. Três ótimos filmes de terror que brincam com os clichês do gênero ao mesmo tempo que apresentam ideias novas. Pra mim, 'Hush' é seu melhor trabalho até agora. A premissa por si só já é bastante interessante: Uma surda-muda que mora em uma casa isolada na mata é atacada por um psicopata. O esqueleto, a estrutura do roteiro é bastante básica e  talvez soe previsível para algumas pessoas. O filme todo se passa dentro da casa e não temos nenhuma grande revira-volta na trama. O interessante aqui são as situações criadas pelo roteirista com o intuito de ir elevando cada vez mais o suspense. A tensão é construída de forma bastante intensa e as entregas são extremamente satisfatórias. Para os amantes de gore, o filme tem uma certa quantidade de violência explícita que choca quando são expostas, devido ao realismo e a crueldade presentes nelas. A fotografia é escura na medida certa e consegue trabalhar o jogo de luzes e as sombras de um modo bastante inventivo e muito bem fotografado. O filme tem apenas 4 personagens, sendo Maddie (Kate Siegel) e o assassino (John Gallagher Jr.) os que aparecem do início ao fim. Kate nos entrega uma atuação inspiradora e cheia de nuances em sua expressões faciais. Já John constrói um dos vilões mais assustadores que já vi em filmes de terror. 'Hush' é mais uma prova de que Mike Flanagan está no caminho certo para se tornar um dos melhores diretores que o gênero já teve. Aqui ele traz um filme criativo que, apesar da trama básica, consegue construir uma sensação de medo e perigo como raramente vi em filmes.  (Hush. Dirigido por Mike Flanagan. Com Kate Siegel e John Gallagher Jr.  Terror. 81 min.)

NOTA: 9

Nenhum comentário: