3 de mai de 2017

135. FRAGMENTADO (2017)

A carreira de M. Night Shyamalan é cheia de altos e baixos. Talvez mais altos do que baixos, já que até nos seus trabalhos mais fracos é possível extrair algo de positivo. Depois de alguns filmes massacrados pela crítica, ele fez o divertido 'A Visita', um filme de baixo orçamento onde ele teve muito mais liberdade do que em outros filmes. O sucesso financeiro de 'A Visita' possibilitou que ele mantivesse esse controle criativo no seu projeto seguinte. A frase no poster de 'Fragmentado' por si só é interessante. O roteiro não dá muitas voltas e nos mostra as diferentes personalidades de Kevin já de início. Apenas 4 ou 5 são vistas no filme, o que dá a possibilidade de desenvolver outras personalidades numa possível sequência. James McAvoy faz aqui seu melhor trabalho como ator até hoje. Ele já tinha dado grandes performances antes, mas aqui ele explora cada uma das personalidades de forma bastante inconvencional e muitas vezes bastante diferente daquilo que esperamos. O roteiro de Shyamalan ajuda muito nisso, principalmente nos diálogos. Os ambientes são poucos, assim como as cenas de ação., o que faz os diálogos serem muito mais importantes. O foco é a relação que cada uma das personagens tem com a garota sequestrada, e essa relação é desenvolvida de formas bastante curiosas. É difícil falar do filme sem contar muito dele, já que todas as cenas são importantes para que o desenvolvimento e a antecipação continuem constantemente aumentando a cada minuto. Não espere uma grande reviravolta no final. Sim, o roteiro tem algumas viradas e ao final acaba sendo bastante honesto com aquilo que prometeu. Já o que vem depois, nos últimos 15 segundos de filme, coloca ele em um patamar muito mais interessante. Eu nunca havia visto uma reviravolta deste jeito no cinema e isso me deixou bastante surpreso. Finalmente, é tão bom poder dizer: Um dos melhores trabalhos de Shyamalan. (Split. Dirigido por M. Night Shyamalan. Com James McAvoy, Anya Taylor-Joy e Betty Buckley. Suspense. 117 min.)

NOTA: 9

Nenhum comentário: