5 de mai de 2016

102. DEADPOOL (2016)

'Deadpool' deu tão certo, mas tão certo, que é difícil entender os motivos que fizeram esse filme ficar engavetado por anos. Talvez o maior acerto do filme seja sua campanha publicitária. Nunca um filme foi tão honestamente vendido. Os trailers mostravam pouco, mas se mantinham fiéis ao espírito do personagem. A estrutura narrativa de 'Deadpool' não é nada inovadora, já que ele utiliza o mesmo formato usado em 90% dos filmes de quadrinhos. A diferença está em Ryan Reynolds, que mostrou ter estudado o personagem, criando um Deadpool honesto com aquilo visto nos quadrinhos. O resto do elenco está bom, sem comprometer ou elevar a qualidade do filme. Outro ponto bastante positivo é a edição. Normalmente em filmes de origens nós só vemos o super-herói pronto e em ação por volta de 1 hora. Neste filme é diferente, pois já começamos com Deadpool em atividade para depois sermos apresentados à origem. A edição dinâmica e o excelente timing cômico do roteiro deixam o filme super ágil, fazendo as quase 2 horas passarem voando. 'Deadpool' certamente é um dos projetos mais arriscados dos últimos anos é muito bom ver que os envolvidos na produção tiveram a coragem de criar um personagem bastante fiel aos quadrinhos e fazer um filme mais voltado para o público adulto. Extremamente violento, divertido e engraçado, 'Deadpool' vai mudar algumas coisas em Hollywood. Pode ter certeza que filmes de super heróis serão um pouco diferentes a partir de agora. (Deadpool. Dirigido por Tim Miller. Com Ryan Reynolds. Ação. 108 min.)

NOTA: 8.5