31 de jan de 2016

96. AMY (2015)

Tive o privilégio de assistir a este documentário numa sala de cinema lotada, em uma das poucas sessões que o filme teve aqui no Brasil. Sou fã da cantora desde o lançamento de 'Rehab' no final de 2006, e com o passar do tempo uma das coisas que eu mais me perguntava era: "Cadê a família dessa menina?". O diretor Asif Kapadia basicamente respondeu essa pergunta com o documentário 'Amy'. O pai de Amy, Mitch, vem dando diversas entrevistas em canais britânicos condenando o documentário por colocá-lo como vilão da história. A verdade é que diversas vezes tive vontade de socar a tela, apavorado com algumas imagens que o documentário mostrava. Totalmente construído apenas com imagens de arquivo, o diretor conseguiu construir uma narrativa perfeitamente equilibrada com diversos elementos como romance, drama, humor e até mesmo horror em alguns momentos. O diretor já havia usado esse estilo no documentário 'Senna', mas em 'Amy' isso funcionou muito melhor já que a vida da cantora era extremamente pública, o que facilitou na procura de materiais relevantes. Essa história de ascensão, sucesso e declínio já foi vista diversas vezes, principalmente no mundo da música. Muitos artistas acabam tendo o mesmo destino, mas a diferença com 'Amy' é que tudo isso foi acompanhado pelo grande público já que paparazzis a perseguiam e filmavam basicamente tudo o que ela fazia. A quantidade de material impressionante faz de 'Amy' um verdadeiro tesouro para os fãs da cantora. Para aqueles que não são tão fã, fica a dica para um excelente documentário, com uma história forte e construído de um modo extremamente original e impactante. (Idem. Dirigido por Asif Kapadia. Documentário. 128 min.)

NOTA: 9.5