21 de jan de 2016

86. A ESPIÃ QUE SABIA DE MENOS (2015)

Melissa McCarthy nos últimos anos vem ganhando cada vez mais o meu coração. Em 'A Espiã Que Sabia De Menos' ela ganhou ele por inteiro. Do início ao fim fiquei preso na narrativa e gargalhei como nunca havia gargalhado num cinema. A interação das personagens de Melissa e Rose Byrne é absolutamente fantástica. Rose interpreta a vilã do filme que acaba contratando a personagem de Melissa como sua guarda-costas. O roteiro, escrito pelo diretor Paul Feig, é absurdamente inteligente, cheio de revira-voltas interessantes e com piadas extremamente engraçadas. A direção foi algo que me chamou muito a atenção, principalmente nas cenas de ação. Dirigir ação não é algo fácil, comédia então nem se fala, e Paul Feig conseguiu juntar os 2 de forma tão orgânica fazendo as mais de 2 horas passarem muito rápido. Eu não me surpreenderia se uma franquia nascesse de 'A Espiã Que Sabia de Menos', já que o filme deu um certo dinheiro e foi muito bem avaliado pela crítica e pelo público. Eu sabia que isso dificilmente aconteceria, mas queria muito ter visto Melissa indicada ao Oscar pelo filme, o que aconteceu em diversas premiações - incluindo o Globo de Ouro. Este certamente é o filme mais engraçado de 2015, talvez o mais engraçado dos últimos anos. (Spy. Dirigido por Paul Feig. Com Melissa McCarthy, Rose Byrne e Jude Law. Comédia/Ação. 120 min.)

NOTA: 9