7 de jul de 2015

67. O EXTERMINADOR DO FUTURO: GÊNESIS (2015)

Este tem sido um ano bastante nostálgico para o cinema. 'Mad Max', 'Jurassic Park' e 'Star Wars' são alguns dos títulos que estão voltando aos cinemas este ano, junto com mais um capítulo de 'O Exterminador do Futuro'. É uma pena que o retorno do T-800 não seja tão divertido quanto o de Max ou o T-Rex. 'Gênesis' pega emprestado a trama do 'Star Trek' de 2009, brincando com viagens no tempo e linhas narrativas alternativas. Durante a primeira hora de filme é realmente interessante como eles brincam com isso e fazem diversas referências diretas aos 2 primeiros capítulos. Já na segunda metade, o filme acaba se perdendo em meio a excessivas explicações desnecessárias. É a nova mania de Hollywood, executar uma ideia de modo que ela pareça mais complicada do que realmente é. Eu li diversos comentários negativos a respeito dos trailers e consegui fugir deles, o que certamente favoreceu a minha experiência com este filme. O elenco todo está ok, nada que comprometa o filme. Arnold Schwarzenegger está - obviamente - se divertindo horrores no papel, e isso deixa o filme muito mais divertido quando ele está em tela. Infelizmente a direção fraca e o roteiro recheado de furos absurdos, enfraquece (e MUITO!) o filme. Por outro lado, a primeira metade é interessante o bastante para salvar este quínto capítulo. Um filme fraco, mas que não chega a ser o desastre absoluto que muitos dizem por aí. (Terminator: GenIsys. Dirigido por Alan Taylor. Com Arnold Schwarzenegger. Ação. 126 min.)

NOTA: 6