4 de jun de 2015

59. VELOZES E FURIOSOS 7 (2015)

Geralmente séries cinematográficas tendem a piorar com o lançamento de novos filmes, ainda mais quando se estendem por diversos capítulos. Além disso, a maioria dos filmes com sérios problemas na produção acabam gerando produções fracas e problemáticas. 'Velozes e Furiosos 7' tinha tudo para dar errado já que faz parte de uma série com 6 episódios até então, além de perder seu ator principal em um acidente de carro (!!!). Incrivelmente o resultado final acabou sendo extremamente positivo, já que este sétimo filme certamente é o melhor da franquia. Novamente investindo em um enredo diferente, desta vez vemos a 'família' de Dominic Toretto ser ameaçada pelo irmão do vilão do ´filme anterior. Deckard Shaw, interpretado por Jason Statham, vai atrás de um por um com a finalidade de vingar a morte do irmão. Extremamente bem editado, 'Velozes e Furiosos 7' nos deixa preso na narrativa durante seus quase 140 minutos. Se no sexto filme a longa duração o prejudicou um pouco, neste capítulo tudo está em perfeita harmonia. Apesar de várias e longas cenas de ação, o roteiro sabe os momentos certos para dar um descanso além de criar cenas bastante tensas, já que dessa vez são eles que estão sendo 'caçados' ao invés de irem atrás de algum criminoso. Por termos perdido Paul Walker durante as filmagens deste filme, estava óbvio que esta seria sua última participação na série e o modo como eles lidam com isso é incrível. Em diversos momentos o personagem Brian é colocado em perigo, sugerindo uma tensão que pode - ou não - acarretar na morte do personagem. Ao fim, 'Velozes e Furiosos' se mostra um excelente filme de ação, certamente o melhor da série e com um final absurdamente emocionante e honesto com a importância que Paul Walker teve para a franquia. É divertido, cheio de absurdos, e vai fazer muito marmanjo chorar nos seus minutos finais. (Furious 7. Dirigido por James Wan. Com Paul Walker e Vin Diesel. Ação. 137 min.)


NOTA: 8

Nenhum comentário: