23 de out de 2014

09. RELATOS SELVAGENS (2014)

Selecionado como o candidato argentino para uma indicação ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro, 'Relatos Selvagens' tem grandes chances de ser indicado e, na minha opiniãodeveria ganhar (mesmo sem saber quem são os indicados). Apesar de ser uma antologia de 6 contos diferentes relacionados á vingança, é perceptível uma linguagem cinematográfica muito autêntica ali. Com cores bastante fortes e vibrantes, a fotografia do filme chega a ser surpreendente devido aos ângulos curiosos e aos movimentos de câmera inusitados. Além disso temos atuações fantásticas de todos os envolvidos. Ricardo Darín dá um show em um conto sobre um homem infeliz com uma multa - supostamente - recebida por engano. Outro conto que me chamou a atenção foi o último, intitulado 'Hasta Que La Muerte Nos Separe'. Este nos insere numa festa de casamento em que a noiva descobre ter sido traída pelo marido. Mas no fim é impossível não se envolver de maneiras diferentes com cada uma dessas histórias. O modo como nos identificamos com os envolvidos nas vinganças se deve graças ao roteiro esperto. É interessante como o diretor consegue nos fazer rir de situações extremamente absurdas, mas que poderiam facilmente acontecer ao nosso redor. Além de atuações incríveis e um roteiro muito inteligente, 'Relatos Selvagenspossui um senso de humor absurdamente negro e muito bem executado, fazendo eu rir e me divertir de um modo totalmente inesperado. Um filme incrível do início ao fim! (Relatos Salvages. Dirigido por Damián Szifrón. Com Ricardo Darín, Óscar Martínez, Leonardo Sbaraglia e Érica Rivas. Comédia. 122 min.)

NOTA: 10